Sete Lágrimas @ Centro Cultural de Belém: Lisboa

SETE LÁGRIMAS
Ensemble Associado da Temporada 2011/2012 do CCB

Festival Dias da Música @ CCB (Lisboa) 

http://www.ccb.pt/sites/ccb/pt-PT/Programacao/Diasdamusica2012/sabado/Pages/B24%202012.aspx



Programa do lançamento
CD "En tus brazos una noche":


ENTREVISTA
Rádio ANTENA 2
c/ Paulo Alves Guerra
16/4/2012, 8h30-10h00

CONCERTOS DE BOLSO
Rádio TSF
c/ José Carlos Barreto
27/4/2012, 14h15
Música e entrevista ao vivo e em directo!

CONCERTO DIAS DA MÚSICA
Lançamento oficial do CD
@ CCB Dias da Música
"En tus brazos una noche"
Entrada 7€

AQUI HÁ CONVERSAS COM
Sete Lágrimas
a propósito do lançamento do novo CD
@ CCB Dias da Música
29/4/2012, 16h00
Entrada livre

SESSÃO DE AUTÓGRAFOS
Sete Lágrimas
a propósito do lançamento do novo CD
@ CCB Dias da Música
Loja FNAC @ CCB
29/4/2012, 17h00




CONCERTO DIAS DA MÚSICA

Filipe Faria, voz
Sérgio Peixoto, voz
Pedro Castro, flautas
Inês Moz Caldas, flautas
Soia Diniz, viola da gamba
Tiago Matias, tiorba, guitarra barroca e vihuela


SINOPSE

O projecto “En tus brazos una noche” do Sete Lágrimas, um dos mais inovadores consorts europeus de música antiga e contemporânea, homenageia a arte musical portuguesa - do passado e do presente - através dos Romances e Canções seiscentistas sobreviventes do compositor português Manuel Machado (Lisboa, c.1590 - Madrid, 1646)."En tus brazos una noche" inspira-se numa obra de grande beleza retórica de enorme valor e em parte desconhecida. A "portugalidade" da “poesia” de Machado é posta em diálogo, por este consort, com aspectos de um iberismo universalista que é espelho da história de vida do seu compositor.
Natural de Lisboa e discípulo de Duarte Lobo, o talento de execução que Machado manifestava em vários instrumentos valeu-lhe a nomeação de músico da Capela Real de Filipe III de Espanha, II de Portugal. Muda-se, em 1610, para Madrid juntando-se ao pai, o harpista Lope Machado. Em 10 de Agosto de 1642 foi distinguido "pelos seus longos anos de serviço e pelos de seu pai".
Sete Lágrimas volta a explorar o diálogo entre a ancestralidade e a contemporaneidade do discurso musical e a colocar, no "moinho" da memória, as fronteiras entre a música erudita e as tradições seculares para que resultem novas sonoridades.


PROGRAMA

A ti digo, ampo de fuego
En tus brazos una noche
De la hermosura de Filis
Bien podeis, corazón mio
Paso a paso, empeños mios
Oscurece las montañas
Fuése Lisardo del valle
Mi cansado sufrimiento
Salió al prado de su aldea
Salió a la fuente Jacinta
A la sombra de un peñasco
Qué entonadilla que estaba
Afuera, afuera
Avejuela que al jazmín
Dos estrellas le siguen

Ideia, conceito e arranjos de Filipe Faria e Sérgio Peixoto, excepto Salió a la fuente Jacinta por Sofia Diniz, Oscurece las montañas por Pedro Castro e De la hermosura de Filis por Tiago Matias.